fbpx

Você já ouviu falar no eSocial e como ele deve ser aplicado em um escritório contábil? Ambas as informações são fundamentais e determinam como será o fornecimento de informações ao Governo.

Antes de entender o que é o eSocial, é de extrema importância apresentar o cenário no qual ele está incluído.

Os avanços tecnológicos permitiram que diversas atividades migrassem do manual para o virtual. Não é diferente quando nos referimos a maneira com a qual uma empresa envia suas informações para o Governo Federal.

Desse modo, o eSocial é uma ferramenta digital que tem como principal objetivo unificar, dentro da mesma plataforma, as informações fiscais, previdenciárias e trabalhistas das empresas. O que inclui, no nosso caso, os escritórios contábeis.

Portanto, é indispensável entender melhor sobre como tal ferramenta atua e o que muda dentro de uma contabilidade. Para conhecer mais sobre este assunto, leia este artigo com bastante atenção e tire todas as suas dúvidas! Vamos?

 

O que é o eSocial e qual a sua finalidade?

Em primeiro lugar, para os desconhecidos de plantão, é fundamental ressaltar que o eSocial funciona desde 2015. No entanto, o seu uso obrigatório só começou a valer em janeiro de 2018.

Desse modo, o que é o eSocial? Estamos falando de uma ferramenta que atua com o objetivo de prestar informações ao Governo Federal.

Ao integrar órgãos como o Ministério do Trabalho, Caixa Econômica, INSS, Receita Federal e Secretaria de Previdência, ele permite que as empresas de todo o Brasil possam cumprir todas as suas obrigações. Isto é, tanto as fiscais e trabalhistas quanto as previdenciárias. Todas elas de maneira unificada.

Sendo assim, um escritório de contabilidade pode, por meio do eSocial, além de reduzir os seus custos, colher outros frutos, como:

  • Reduzir processos e o tempo gasto em cada um deles;
  • Combater a sonegação da informalidade;
  • Automatizar a legislação, que agora se torna mais simples e acessível;

Além disso, o eSocial não apresenta vantagens somente para os empreendimentos, uma vez que os trabalhadores também podem se beneficiar. Confira alguns dos principais benefícios:

  • Facilitar o acesso à direitos tanto trabalhistas quanto previdenciários;
  • Reduzir a burocracia referente à documentação;
  • Aumento da produtividade.

Portanto, se você tinha dúvidas sobre o que é o eSocial e qual a sua finalidade, agora já é possível entender melhor do que se trata. O foco também está na substituição de diferentes prestações de informações em apenas uma.

É o que torna cada vez mais difícil a incidência no número de casos de possíveis fraudes e até mesmo ilegalidades. Agora, vamos responder mais algumas das principais dúvidas referentes ao assunto. Acompanhe!

 

E se uma empresa não se adequar ao eSocial?

Mudanças costumam gerar, na maioria das vezes, um período de adaptação, até que se tornem parte da realidade de uma empresa.

Sendo assim, é preciso que todas as empresas busquem se adaptar às mudanças provenientes do eSocial. Este período de adaptação é de extrema importância, uma vez que o descumprimento de alguns fatores podem gerar multas.

Ou seja, toda empresa que descumprir e não honrar com o envio de informações no eSocial está sujeita a multas e penalidades.

Contudo, é importante ressaltar que o foco não é penalizar as empresas. Em contrapartida, ele se encontra na implementação da tecnologia em processos que, antes, eram feitos de maneira manual.

google-ads-para-contadores

 

eSocial x contabilidades

Você pode estar se perguntando: “o que muda nas contabilidades com a utilização do eSocial nas empresas?”. A resposta é simples! Agora, um escritório contábil precisa atender todos os seus clientes de acordo com as implementações tecnológicas do governo.

Com isso, o principal impacto gerado pelo eSocial em uma contabilidade focada em empresas é a redução das suas burocracias. Aliás, confira a seguir quais documentos arquivados foram unificados:

  • Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social (GFIP);
  • Relação Anual de Informações Sociais (RAIS);
  • Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF).

Sendo assim, é obrigação de toda contabilidade se manter atualizada em relação à todas as mudanças e atualizações que podem ocorrer.

O intuito é sempre transmitir com clareza todos os processos que os seus clientes precisam enfrentar para enviar as suas informações ao fisco.

Dessa maneira, é de extrema importância que um escritório de contabilidade mantenha uma estrutura de negócios organizada. O foco se encontra na declaração correta de todas as informações e como fazer o preenchimento no eSocial.

Aproveite também para ler o nosso artigo sobre Tendências na contabilidade: não fique para trás!

Podemos concluir que todas as mudanças provenientes do eSocial geraram fortes impactos tanto nas empresas quanto nos trabalhadores.

Agora, o acompanhamento eletrônico faz com que seja mais fácil ter acesso às informações fiscais, previdenciárias e trabalhistas.

Ainda tem alguma dúvida sobre o eSocial? Que tal compartilhar conosco? Deixe-a no campo de comentários que vamos te responder!

Além disso, aproveite para seguir as nossas redes sociais e acessar o nosso blog para conferir outros conteúdos como este!

Leia também o nosso artigo 12 ideias inovadoras para reduzir custos do seu escritório de contabilidade.