fbpx

Conhecer seu processo comercial é de suma importância para conhecer seus clientes e padronizar a jornada de compra. Ou seja, pensar uma estratégia direcionada para o seu cliente é a melhor solução.

Por meio dessa estratégia, que é o funil de vendas, é possível determinar as ações que deve efetuar em cada etapa e testar qual é a melhor investir na sua empresa contábil.

O que é Funil de Vendas?

Funil de vendas: a importância para contadores

É uma representação da jornada que o cliente faz até fechar a compra. É formado por um conjunto de etapas e gatilhos facilitando a tomada de decisão.

Esse processo consiste em acompanhar o seu cliente a partir do momento em que ele toma conhecimento que precisar resolver um problema e a sua empresa está pronta para atender.

Qual a diferença entre Funil de vendas e a Jornada do consumidor?

O funil de vendas e a jornada do consumidor são conceitos que trabalham juntos, porém o funil mostra as ações do cliente dentro do seu processo de Inbound Marketing. Logo, através de conteúdos baixados, visitas no site e blogs.

A jornada do consumidor é o caminho que o usuário faz até decidir ou não pela compra de um produto ou serviço. Dessa forma, estuda os quais são os melhores conteúdos para cada etapa.

Leia mais sobre a Jornada do Consumidor

Tenha sempre em mente que o objetivo principal é guiar o consumidor até o fim da sua jornada de compra e funil de vendas.

Quais são as etapas do Funil de vendas

Topo de funil

topo-de-funil

O topo do funil de vendas corresponde a fase de aprendizado e descoberta, pois precisa ajudar o usuário a entender que ele tem um problema que precisa ser solucionado.

Conhecido como ToFu, essa etapa é a consciência do consumidor. Ele busca produtos e serviços sem o interesse de compra. O consumidor é um mero visitante no seu site, buscando conteúdos atrativos.

Conteúdos de topo de funil

Os conteúdos de topo de funil devem ser dinâmicos e ricos em detalhes, pois precisa educar o consumidor antes da compra. Os posts de blog são geralmente o primeiro contato com o potencial cliente, logo os textos devem ser fácies.

Infográficos, podcasts são ótimas opções para o topo de funil. Newsletters (e-mail para sua base de contato) também são uma ótima possibilidade.

Meio de funil

meio-de-funil

O meio do funil de vendas (MoFu) é a etapa de consideração da solução, ou seja, o consumidor já sabe que tem um problema e que tem que solucionar.

Dessa forma, aqui a função é oferecer alternativas genéricas para solucionar os problemas. Ainda não é a hora de vender seu produto ou serviço. Deixe apenas claro que você pode oferecer algo melhor.

Nesta etapa lidamos com leads, pessoas que interagiram com o seu conteúdo e forneceram informações básicas de contato em troca do acesso a algum conteúdo.

Conteúdo de meio de funil

O conteúdo podem ser posts de blog voltado para um público que já tenha um conhecimento básico do assunto. E-book também pode ser utilizado para falar sobre assuntos mais profundos, além de ser uma ótima maneira de captar leads.

A empresa contábil deve entender que o meio do funil de vendas é para ajudar a criar uma confiança com o consumidor e o seu negócio. O foco sempre é proporcionar uma boa experiência ao usuário, para que ele se torne seu cliente.

Fundo de funil

fundo-de-funil

O fundo do funil de vendas (BoFu) é a etapa onde os leads qualificados tornaram oportunidades de vendas, ou seja, já estão na decisão da compra. O consumidor já entende o valor do seu produto ou serviço e está decidido a resolver o problema.

Conteúdo de fundo de funil

Os conteúdos do fundo do funil devem ser voltados para persuasão e o convencimento, utilizando técnicas de Copywiriting e de SEO.  Pense em trabalhar com cases de sucesso e com webinars esclarecendo dúvidas dos seus consumidores.

Aqui, é o momento da compra, pois o usuário já passou por todas as etapas do processo e está pronto para adquirir o seu produto ou serviço.

Como fidelizar o cliente

Depois de todo processo de educação, confiança e conversão do seu produto ou serviço, é preciso pensar no pós-venda. É aqui o cliente é fidelizado. As empresas contábeis devem pensar em estratégias de marketing de relacionamento neste momento.

Manter um contato pós-venda é bom para o consumidor tanto para a empresa que prestou o serviço ou o produto, pois é aqui que se tem um feedback de qualidade do cliente.

O cliente é a chave para que o seu funil de vendas funcionar da melhor forma. Encantar o consumidor gera lealdade e respeito para o seu negócio contábil.

Com isso, vale a pena investir em uma plataforma que seja possível manter um contato direto com o comprador. Plataformas de mensagens instantâneas como o WhatsApp é uma boa forma de fazer o marketing da sua empresa.

Leia mais sobre Marketing pelo WhatsApp

A empresa contábil deve oferecer benefícios exclusivos e de qualidade na hora de falar com o comprador. Faça também uma pesquisa de satisfação para entender melhor como está o seu atendimento e o que pode ser melhorar.

Qual a importância do funil de vendas para contadores?

Com o funil de vendas é possível ter um maior controle do seu processo de vendas. Essas ações são relevantes para capturar novos leads e criar um relacionamento com o cliente eficiente.

Esse processo bem delineado traz uma maior produtividade dos vendedores da sua empresa contábil e otimiza a sua gestão. Pois, tem como intuito segmentar e padronizar o ciclo de vendas.

Com a evolução do funil de vendas há um melhor aproveitamento de oportunidades, ou seja, acompanhar o status de cada venda. Logo, monitorar os números com sua equipe é mais fácil e eficiente.

Conclusão

Com isso, concluímos que o processo de funil de vendas é indispensável para fechar o ciclo de vendas. Os conteúdos produzidos no topo, fundo e meio do funil devem conter informações necessárias para cada passo do usuário.

Logo, empresas contábeis devem pensar em estratégias de marketing para melhor suas etapas de vendas afim de fidelizar o cliente.

Gostou? Deixe um comentário abaixo! 👇 👇

Leia outros artigos no nosso blog!