fbpx

Os cuidados para não Infringir a ética na contabilidade e ter graves problemas com o CRC

Uma ferramenta muito conhecida para os profissionais que atuam no setor da contabilidade é o Código de Ética da Contabilidade. Para todos aqueles que já atuam na área da contabilidade ou pretendem ingressar nela esse é instrumento obrigatório.

Os profissionais da contabilidade devem ter uma postura ética, pois essa é uma profissão que requer muita atenção, cautela e cuidado. O código de ética da contabilidade foi criado para dar uma direção aos contadores e estabelecer princípios que os profissionais devem seguir.

A Contabilidade é uma área onde são apuradas transgressões por várias partes envolvidas, como sonegação de impostos, fraudes, e muitos outros crimes voltados à contabilidade. Assim sendo, ter uma postura ética é honrar pela classe contábil e pela valorização e admiração dos serviços que são prestados. O descumprimento desses valores pode levar não só a profissão à desordem, mas também a economia.

A ética na contabilidade

A ética profissional trata-se de um conjunto de leis e normas que são qualificadas para a prática de uma profissão, para que ela seja exercida com eficiência, qualidade, segurança e eficácia.

Qual é a importância da ética na contabilidade?

A ética é fundamental aos contadores, pois eles lidam constantemente com informações relevantes para as empresas. Entre essas informações estão as informações sobre as finanças, os balanços patrimoniais, demonstrativos de resultados e fluxo de caixa.

O profissional deve ser correto, sincero, prezar pela credibilidade das informações divulgadas e preservar o sigilo dos dados, pois eles são muito importantes para os negócios. Em relação às mudanças nas leis é muito importante ter muita atenção, para que não sejam realizados erros gravíssimos na contabilidade das empresas, os quais podem até ser suscetíveis de sansões pelos órgãos fiscalizadores.

Apesar de sua importância, alguns profissionais não seguem ou não se atentam devidamente em relação às questões éticas da profissão. Discutiremos a seguir a responsabilidade do contador em relação aos seus atos. Continue a leitura!

Os principais princípios que expressam a ética profissional são:

  • A honestidade no trabalho;
  • A lealdade com a empresa;
  • Formar uma consciência profissional;
  • Executar o trabalho no maior nível de rendimento;
  • Respeitar à dignidade da pessoa humana;
  • O sigilo: segredo profissional;
  • Ser discreto no exercício da profissão;
  • A prestação de contas ao chefe hierárquico;
  • Observar as normas administrativas da empresa;
  • Ter um tratamento cortês e respeitoso aos superiores, colegas e subordinados à hierarquia;
  • Apoiar os empenhos para o aprimoramento da profissão;

Nos ambientes de trabalho, a ética profissional deve estar sempre presente. Um dos seus principais objetivos é manter o equilíbrio do ambiente, para que o relacionamento profissional seja produtivo e positivo.

Os princípios principais éticos da contabilidade são:

O sigilo

Preservar informações sigilosas apenas com restrições, como pedidos de autoridades ou conselhos regionais de contabilidade, está dentro da resolução do CFC (Conselho Federal de Contabilidade). Se a lei não for cumprida, o profissional contábil estará discordando da honestidade e da legalidade.

A cobrança de valores

A cobrança de valores aos clientes é um ponto sempre a ser abordado, pois faz parte da vida de todos os profissionais da contabilidade. Existem vários tipos de serviços, como os mais simples e serviços mais complexos, e essa questão foi abordada no CEPC (Código de Ética Profissional do Contador).

O profissional contábil é orientado pelo código para qual direção ele deve seguir: exclusividade, complexidade, local, tempo de realização, entre outros fatores. O CEPC (Código de Ética Profissional do Contador) não sugere cobrar menos nem mais que o mercado, apenas orienta que os honorários sejam justos.

O relacionamento sadio com os parceiros de profissão

Atitudes que prejudicam a imagem, o respeito, a competência e a honestidade da classe são recusadas pelo CEPC (Código de Ética Profissional do Contador). É preciso ter um relacionamento sadio com os companheiros profissionais, e segundo o CEPC, o correto é manter a imparcialidade.

O educado relacionamento com o cliente

É imprescindível ter um relacionamento confiável e transparente com o cliente, pois o profissional da contabilidade é um tipo de parceiro dele. É necessário também estar por dentro das regularidades fiscais entre cliente e contador. Caso contrário, podem ocorrer graves sanções.

A divulgação e o marketing

O crescimento do marketing dentro da contabilidade é constante, por isso é muito importante ter cautela com o código de ética do CFC (Conselho Federal de Contabilidade). Segundo a resolução Nº 806/96, não se permite o uso de qualquer espécie de comunicação que tenha o intuito de diminuir um colega ou um escritório contábil profissional.

A responsabilidade do profissional contábil em relação às suas condutas

Em nossa legislação, é de maneira objetiva que a responsabilidade civil do profissional liberal é tratada. As empresas de contabilidade são responsabilizadas pelos atos de seus diretores técnicos e são penalizadas mediante multas pecuniárias e pode resultar em processos disciplinares. Os envolvidos nesses processos são inseridos em processos disciplinares e éticos e as sanções vão da suspensão do exercício da profissão, além de multas pecuniárias, até as advertências reservadas ou tornadas públicas.

 Os cuidados básicos para não infringir a ética na contabilidade

As orientações que devem ser seguidas e as irregularidades que jamais devem ser cometidas são apresentadas pelo CEPC (Código de Ética Profissional do Contador) que é um material indispensável para todo profissional da contabilidade.

Exercer o CEPC com responsabilidade

É preciso praticar, exercitar e seguir o CEPC com atenção para exercer a profissão dentro dos parâmetros legais, pois ele é composto por questões a respeito de valores, deveres e sanções.

O trabalho do profissional contábil é muito importante e, por isso, é preciso ter responsabilidade.

Respeitar os princípios éticos da contabilidade

Diversos profissionais não respeitam os princípios éticos da contabilidade. Muitos decidem por abrir mão de um honorário justo com o objetivo de tentar conseguir uma ótima carteira de clientes. Apesar de se beneficiar em curto prazo, eles prejudicam a sua classe e desvalorizam a profissão.

Não realizar práticas proibidas

O profissional não deverá realizar práticas proibidas, como realizar tipos de demonstrativos contábeis ilegais ou tentar fazer movimentos não permitidos pela lei para que o seu cliente pague menos impostos.

Quando isso ocorre, o contador se beneficia em curto prazo, pois conseguirá manter o cliente no seu escritório. Todavia, a médio e longo prazo a imagem do profissional será prejudicada e desvalorizada no mercado de trabalho. Além disso, terá mais dificuldades para conquistar clientes e o seu trabalho não terá valor, pois a confiança será perdida.

Às vezes, é melhor que o cliente seja perdido, pois o profissional poderá ser considerado cúmplice de alguma falha ou ilegalidade enquanto ainda é o contador da empresa.

Seguir as leis vigentes

É muito importante que o profissional da contabilidade não caia em nenhum erro e siga as leis vigentes, esteja sempre alerta às normas do CEPC (Código de Ética Profissional do Contador) e exercite os princípios com responsabilidade. Os princípios irão ajudar a conduzir como deve ser o comportamento do profissional na sua carreira.

Todo profissional que segue as normas relacionadas à sua área e que está sempre atento aos princípios éticos de sua profissão se destaca no mercado de trabalho.

Fale com consultor online